Blog Prof. Sebastião Vitorino


 

O Segredo da Organização

Como se diz no meio empresarial: “A propaganda é a alma do negócio.”, então eu posso afirmar que: “A organização é o espírito do negócio.” e que o grande segredo da prosperidade empresarial é ser organizado, mais qual a receita?

Aqui também se aplica as máximas usadas na antiga psicologia: “Cada caso é um caso!” e “Cada cabeça uma sentença”, mas vamos arriscar algumas orientações importantes:

  1. Acorde uma hora mais cedo todos os dias para se dedicar a organização e reflexão de seus projetos e compromissos, a disciplina é importante e quando der o tempo (1 hora) pare tudo, não se deixe levar pelo entusiasmo do novo e sim pela tradição do fazer;

  2. invista em equipamentos e recursos de informática atualizados, fontes de informações confiáveis para análise e tomada de decisões, uma agenda ou caderno vai ser útil nesta etapa;

  3. escreva tudo o que precisa planejar e executar de forma ordenada dando satisfação a si mesmo quanto as conquistas e frustrações, nesse caso é difícil se autoavaliar mas é importante e se estiver errado não seja complacente com você mesmo, faça o que for melhor para os negócios;

  4. mensure tudo o que puder com quantidades e valores, use a matemática a seu favor, perceba que é uma das ferramentas mais importantes para quem quer prosperar nos negócios, depois do português é claro;

  5. aprenda e aplique técnicas de administração (estratégia e decisão) e contabilidade (controle dos custos e resultados econômicos) e saiba que são coisas distintas e que devem ser aplicadas separadamente embora a análise final seja conjunta;

  6. entenda que o mundo e o tempo joga a seu favor e que algumas realizações são lentas e outras demoradas, mas que ao seu tempo acontecerão como planejou ou mostrarão a forma correta de realizar;

  7. não esqueça de cuidar da saúde e desenvolver hábitos saudáveis e divertidos, afinal ter prosperidade nos negócios e não ter saúde é não usufruir do que conquistou é o mesmo que nadar, nadar e morrer na praia;

  8. esteja em dia com suas dívidas e impostos, sempre existe uma forma de negociar e ficar em uma situação confortável, fuja das situações em que não consiga negociar ou sair de dificuldades financeiras, ser rico é gastar o que se ganha menos 10% do que economizou.

  9. seja sempre profissional quando negociar, esteja atendendo alguém no balcão ou em uma reunião para a compra do concorrente, esqueça que tem pai, mãe, irmão e principalmente amigos, quando seus negócios não vão bem só terá uma pessoa que poderá ajudar, você mesmo;

  10. sinta-se rico, sinta-se capaz de ter como pagar, mesmo que seja o ônibus para o trabalho ou o combustível do iate, ser rico é um estado de espírito, assim como o espírito do negócio é a organização inteligente.

Ao aplicar essas orientações com disciplina e ordem perceberá que a cada dia terá dado passos importantes para o sucesso empresarial, e que mesmo tendo outras preocupações, hábitos salutares como esses serão permanente e aplicáveis a todos os momentos de sua vida pessoal e empresarial.

Prof. Sebastião Vitorino Almeida

Santos, 09:51 05/04/2018

Blog


Memórias de uma escola pública fechada em Santos

Blog


 

Dicas para elaboração do CurriculumVitae

O curriculum vitae é o primeiro passo para a contração do profissional nas empresas, em seguida virá a entrevista e as provas de conhecimento técnico profissional.

Curriculum vitae vem do latim e significa a trajetória da vida profissional de uma pessoa, também conhecido como CV, apresenta em um documento o histórico que relata a trajetória educacional/acadêmica, as experiências profissionais e as principais habilidades e competências de um candidato a determinado cargo de uma empresa.

É muito importante que o curriculum vitae seja feito e aperfeiçoado pela própria pessoa, mostrando que conhece o seu potencial e vai vender a empresa uma imagem que ele mesmo vai defender na entrevista e durante a sua contração, caso isso venha a acontecer.

Em primeiro lugar o candidato ao emprego deve fazer a sua apresentação com nome completo, e-mail e os dados pessoais relevantes para o contato da empresa.

Fulana de Tal
ftal@gmail.com

Rua Silva da Silva, 99                                                                                                                                   Brasileira
Jardim Luz – São Paulo/SP   Cep 11333-850                                                                                          Solteira
Fone (11) 1111-1111                                                                                                                                         28 anos

Em seguida aconselho a criar um item onde o candidato possa mostrar a empresa o seu perfil profissional baseado nas suas qualificações.

Principais qualificações:

  • Facilidade do atendimento ao público e trato com pessoas.
  • Conhecimentos básicos de informática como usuário.
  • Habilidade em cálculos matemáticos e estatísticos.
  • Bom desempenho em trabalhos em grupo e relações interpessoais.
  • Experiência na organização e controle de documentos.

A partir daí deve relacionar a escolaridade ou formação acadêmica do candidato, como preferir, nesse caso deve ser objetivo mencionando claramente o nome completo a instituição, o curso no qual se formou ou esta cursando e o ano de formação (pode ser omitido aquele que não interessar para a empresa, no caso abaixo por exemplo, escolher uma das funções em virtude da sua incompatibilidade):

Formação acadêmica:

ESCOLA ACACIO
Técnico em Logística – 2012

FACULDADE DE CIENCIAS MÉDICAS
Técnico em Raio X – 2008

O próximo passo é mostrar de forma objetiva a trajetória profissional, mencionando claramente o nome completo da empresa, sua admissão, rescisão e cargo ocupado (caso o candidato queira apresentar algum projeto do cargo que possa vir a ajudá-lo na análise do se currículo, pode fazê-lo.

Experiência profissional:

COMPANHIA DE SANEAMENTO DA BAIXADA SANTISTA – SABESP
Maio/2001- julho/2006 – Técnico em Informática
(Acompanhando projetos junto ao setor de divulgação da empresa na elaboração de folders, banners e arte final de campanhas educacionais relacionadas a empresa)

REFINARIA PRESIDENTE BERNARDES DE CUBATÃO – PETROBRAS
Agosto/2006 – presente data – Assistente de Marketing
(Suporte técnico aos usuários de informática no uso de computadores e aplicativos: processadores de textos e planilhas de cálculo).

É importante mostrar os cursos de extensão educacional e aperfeiçoamento profissional, como cursos extracurriculares, podendo ser resumido em um texto caso o candidato tenha muitos cursos relacionados ao mesmo assunto, devendo ter os comprovantes para apresentação, caso seja solicitado pela empresa.

Cursos extracurriculares:

  • Diversos cursos de atualização na área de informática, como: processador de textos, planilhas de cálculo e software de apresentação.
  • Seminários e Palestras relacionados a administração e empreendedorismo;
  • Curso de aperfeiçoamento na Tecnodata Treinamentos sobre Servidor Linux com 60 horas de duração.
  • Curso de Departamento Pessoal no Sindicato dos Portuários de Santos – SINTAPORT com 120 horas de duração.

Deixar um item para os idiomas, caso o candidato tenha estudado outra língua:

Idiomas:

  • Inglês intermediário.
  • Espanhol fluente.

Poderá a critério do candidato mencionar trabalhos voluntários e outras qualificações que achar que de alguma forma possa vir a causar uma boa impressão a empresa contatante com relação ao seu perfil profissional.

Outras aptidões e trabalhos voluntários:

  • Voluntário da CMS – Casa do Menor de Santos dedicando 1 domingo por mês para trabalhos de acompanhamento junto aos internos na instituição.
  • Participação do grupo de teatro da PMS durante maio/2007 até a presente data.
  • Praticante de caraté (faixa preta).

O curriculum deve ser datado, o que permitirá que a empresa se oriente, bem como, o candidato possa sempre revisar e atualizar o conteúdo do seu curriculum, alguns especialistas sustentam a tese de que para um curriculum ficar bom demanda muito tempo e dedicação da pessoa que o elabora, não deve ser feito e concluído, deve ser aperfeiçoado sempre.

Santos, maio de 2016

Outras Dicas:

Ser objetivo e claro é muito importante, não errar no português é fundamental, descarte tudo o que não interessar para a empresa ou que não esteja relacionada a área específica.

Caso tenha muitos item de determinado assunto, inclua apenas os mais recentes evitando assuntos já sem utilização prática.

Não utilizem formatações, letras ou cores diversas, pode causar uma impressão não profissional.

Revise sempre e peça a opinião de alguém mais experiente.

Não indique redes sociais (facebook) que não mostre o seu perfil mais adequando para a empresa, pode ser fatal, e-mail como gostosodalapa1@gmail, nem pensar.

Nunca insira informações que não possa comprovar, pode causar constrangimento quando a empresa pedir a comprovação ou pesquise sobre você.

Prof. Sebastião Vitorino Almeida

Blog


CRCSP Debate:

“O fim do registro de técnico em contabilidade e os reflexos no mercado de trabalho”

O CRC/SP com este debate reconhece que a forma como foi imposta a limitação ao Técnico em Contabilidade foi um ledo engano, que o bacharel não pode e não vai fazer tudo o que existe na Contabilidade, já se ouve falar que se o técnico trabalhar nos setores fiscal e de pessoal não tem problema.

Então estamos fragmentando a Contabilidade para permitir a atuação do técnico que existe hoje no mercado, limitamos o mercado de trabalho do técnico ao mesmo tempo em que não sabemos se ele pode continuar exercer a profissão em outros setores mesmo sabendo que o setor contábil não emprega 10% dos profissionais que optam por essa profissão.

Entendo que isso limita a área contábil em apenas a contabilidade escritural, deixando de fora outros setores dentro da Contabilidade e que converge para a atividade contábil, logo teremos o técnicos em escrituração fiscal, técnicos de departamento pessoal para ocupar o espaços deixados pelo extinto técnico em  contabilidade, e pergunto: ai pode? O que aconteceu então?

Aconteceu que agora não existem mais escolas de contabilidade para jovens adolescentes iniciar na profissão, aconteceu que milhares de pessoas que poderiam ter uma iniciação profissional acessível agora tem que fazer faculdade sem condições financeiras para isso, aconteceu que muitas escolas gratuitas que eram mantidas por prefeituras fecharam as portas, e agora temos milhares de jovens sem mais essa opção para exercer sua cidadania.

Não sou contra que o Bacharel em Contabilidade tenha que ter seu registro diferenciado e os privilégios pelos quais lutou e estudou, questiono a forma como foi feita, simplesmente para acabar com uma profissão secular e com um espaço que jamais será suprido sem consequências danosas  e a principal delas é entregar nossas atividades a outras profissões.

Prof. Sebastião Vitorino Almeida

Blog


Uma História que não pode ser esquecida jamais

Fragmentos da História:

Colégio Comercial Municipal “Acácio de Paula Leite Sampaio”

No bairro onde foi a Escola Acácio existiam escolas bem tradicionais, como José Bonifácio, Coelho Neto e Santista, sem contar as faculdades do Centro de Estudos Unificados Bandeirantes e a EESG Avelino da Paz Vieira, EEPG Malachias de Oliveira Freitas e EMPSG Acácio de Paula Leite Sampaio (essas duas funcionam no mesmo prédio da Rua 7 de Setembro, esquina com Braz Cubas. No mais, só mesmo as dependências da Artilharia Divisionária 2 (onde fica o comandante geral do Exército na região), e os belos templos maçônicos, que não se dissociam da imagem de poder e ascensão.

Do que havia perdeu-se no tempo o Colégio Comercial “Coelho Neto” que formava técnicos em contabilidade desde o ginásio comercial onde nele lecionaram ilustres santistas e formaram-se grandes profissionais da área contábil que hoje lembram com saudade do Prof. Rivau, Prof. Adolpho, Prof. Lêdo, Dna. Marlene, Dna. Lúcia, Prof. Adegas, Prof. Sérgio e muitos outros.

A Escola Acácio como é carinhosamente chamada veio para preencher uma lacuna importante no ensino profissionalizante e figura hoje entre as mais respeitáveis escolas técnicas da região, com um padrão que norteia a excelência e enquadra no mercado de trabalho centenas de profissionais por ano, como mostra abaixo uma consulta parcial na internet dos cursos no estado de São Paulo.

E.E.Senador João Galeão Carvalhal
Rua do Bosque ,64 – Vila Bastos
09040-280 Santo André – SP

ETE Júlio de Mesquita
Rua Prefeito Justino Paixão, 150 – Centro
09020-130 Santo André – SP

Escola Municipal de Educação Profissional Acácio de Paula Leite Sampaio
Rua Sete de Setembro nº 14 – Vila Nova
11013-350 Santos – SP

E.E. Dona Escolástica Rosa
Av Bartolomeu de Gusmão, 111 – Aparecida
11045-401 Santos – SP

ETE Aristóteles Ferreira
Av. Epitácio Pessoa 466 – Aparecida
11030-600 Santos – SP

Colégio Magnosaber
Av.Cons.Antonio Prado, Nº 390 – Centro
09521-005 São Caetano do Sul – SP

ETE Fernando Prestes
Rua Natal, 340 – Jd Paulistano
18040-810 Sorocaba – SP

ETE Prof. Rubens de Faria e Souza
Av Comend Pereira Inacio, 190 – Lageado
18031-000 Sorocaba – SP

Ameaça de Fechamento

A Escola Acácio passou por várias fases onde foi cogitado o seu fechamento sendo que o mais significativa para sua história foi quando após a gestão de Sílvio Fernandes Lopes o Genl. Glóvis Bandeira Brasil que assumiu como interventor da cidade que embora terminasse obras do governo anterior, como a Estação Rodoviária e o prédio da Prodesan, deixou outras inacabadas, como o Centro de Cultura e o Elevado Aristides de Bastos Machado.

Nélson Fabiano Sobrinho, que exercia a vice-liderança do então MDB e que foi um dos maiores opositores da interventoria, lamentou a morte do general e afirmou ter combatido Bandeira Brasil porque entendia que uma série de medidas, por ele preconizadas, “feria profundamente os interesses da comunidade”.

Fabiano assegura que a população nunca se esquecerá de algumas iniciativas, como a criação da verba de mordomia, a tentativa de fechamento do Colégio Municipal Acácio de Paula Leite Sampaio, a “malfadada” compra de brinquedos para o parque de diversões, o viaduto Elefante Branco, a entrega da usina de asfalto e da Rodoviária para a Prodesan, as viagens para a Europa, a criação da Taxa de Iluminação e a exigência de sacos plásticos para a coleta do lixo.

Seu prédio foi tombado como um modelo de arquitetura moderna

Excelente exemplar da arquitetura concreta paulista é a Escola Municipal Acácio de Paula Leite Sampaio (1967), projeto do arquiteto Décio Tozzi, vencedor de 7 prêmios, inclusive o de melhor projeto na Bienal Internacional de Arquitetura de 1969. Assim como o MASP, trata-se de uma edifício suspenso, em concreto aparente e com suas estruturas expostas. O vão livre resultante abriga o pátio de recreio, que é elevado em relação ao nível da rua, resguardando-o do trânsito de automóveis e pedestres. As salas de aula, em anfiteatro, tem aberturas de iluminação zenital na cobertura; as escadas e as salas de atelier estão explícitos na estrutura e fazem parte da concepção plástica da obra.
Na Escola Acácio de Paula Leite Sampaio, projeto do arquiteto Décio Tozzi, se pode notar a síntese da arquitetura concreta: a objetividade, onde a estrutura
e a forma se misturam, e são determinadas pelo desenho dos espaços internos.

Fonte: www.vivasantos.com.br/05/05a.htm

Notícia em 22/12/2004 – DO Diário Oficial de Santos
Alunos da Emefep Acácio de Paula Leite Sampaio recebem certificados

A Emefep Acácio de Paula Leite Sampaio realizou, nesta terça-feira (21), no Sindicato dos Metalúrgicos, a cerimônia de formatura de cerca de 250 alunos da 25ª turma do curso de Contabilidade e da 2ª turma de Contabilidade – Área Gestão. Além dos formandos, a solenidade teve a presença de familiares dos estudantes, professores, paraninfos e membros das equipes técnicas da Seduc. Seis alunos que se destacaram ao longo do ano foram homenageados. O Conselho Regional de Contabilidade (CRC) também homenageou o aluno com melhor aproveitamento.

O Reconhecimento do CRC/SP

Sempre lembrado pelo CRC/SP (Conselho Regional de Contabilidade) a Escola Acácio escolhe seus melhores alunos para ser homenageado juntamente com centenas de outros em todo o estado, um destaque junto a classe profissional dos contabilistas.

Alunos Indicados

Nome
Instituição de Ensino
Cidade
VANDERLEI FERNANDES
Faculdade de Ciências Econômicas e Administrativas Centro Universitário Fundação Santo André
Santo André
FABRÍCIO GONÇALVES DOS SANTOS
Instituto de Ensino Superior “Santo André”
Santo André
GIOVANA DA COSTA ROCHA
Centro Universitário Monte Serrat – UNIMONTE
Santos
CARLOS ALBERTO DOS SANTOS
EMEFEP “Acácio de Paula Leite Sampaio”
Santos
LUIZ CARLOS FERRERO
Centro Universitário Monte Serrat
Santos
MARIA AMELIA CIPRIANO DOS SANTOS
E.M.E.F.E.P. – Acácio de Paula Leite Sampaio
Santos
JÉSSICA CURTOLO MILANEZ
Universidade Católica de Santos Centro de Ciências Jurídicas e Sociais Aplicadas Curso de Ciências Contábeis
Santos
ROSANGELA LUVISOTTO GALLO
Universidade Metodista de São Paulo
São Bernardo do Campo
RAQUEL SABARÁ DA CRUZ
Escola Municipal “Presidente Tancredo de Almeida Neves”
Ubatuba

SÍLVIO FERNANDES LOPES

Muito se deve ao ex-prefeito de Santos que com coragem lutou para que a Escola Acácio continuasse exercendo suas atividades e cumprindo o seu importante papel da sociedade que é abrir caminho o centenas de jovens para uma nova profissão.
Perfil de Sílvio Fernandes Lopes
10 de dezembro de 1924 – Em Santos, nasce Sílvio Fernandes Lopes, filho de Cordovil Fernandes Lopes e de Maria Coelho Lopes
1947 – Forma-se em Engenharia Civil pela Escola de Engenharia Mackenzie
De 22/1/1948 a 31/12/1951 – Primeiro mandato como vereador em Santos
De 1º/1/1952 a 31/12/1955 – Segundo mandato como vereador em Santos
De 14/4/1957 a 14/4/1961 – Primeiro mandato como prefeito de Santos
14/3/1963 – Assume mandato como deputado estadual. Renuncia em 14/4/1965 para assumir o cargo de prefeito de Santos
1º/2/1963 – Assume como secretário do Estado dos Negócios da Viação e Obras Públicas de São Paulo. É exonerado, a pedido, em 28/2/1963
28/12/1963 – Assume como secretário de Estado dos Negócios e Serviços e Obras Públicas de São Paulo. É exonerado, a pedido, em 9/4/1964
De 14/4/1965 a 14/4/1969 – Segundo mandato como prefeito de Santos
De 1º/2/1971 a 1º/2/1975 – Mandato como deputado federal
1º/2/1979 a 1º/2/1983 – Mandato como deputado federal
15/3/1979 – Assume como secretário de Estado dos Negócios de Obras e do Meio-Ambiente de São Paulo. É exonerado, a pedido, em 8/1980
8/8/1980 – Assume como secretário de Estado dos Negócios Metropolitanos de São Paulo. É exonerado, a pedido, em 12/5/1982
1985 – Exerce o cargo de diretor do Grupo Itamarati-Constran Engenharia S.A.
1990 a 2005 – Preside a empresa Constran S.A.

Fonte: Arquivo A Tribuna

Ex-prefeito dedicou 40 anos à vida pública

Da Pesquisa
Considerado por muitos um dos maiores políticos que a Cidade já produziu, o engenheiro Sílvio Fernandes Lopes dedicou quase 40 anos de sua vida à carreira pública.
Além de prefeito eleito por duas gestões, acumulou mandatos legislativos como vereador, deputado estadual e federal. Também foi secretário de Estado nos governos de Adhemar de Barros e Paulo Maluf. Sua saída da vida pública ocorreu em 1982.

Obras e melhoramentos realizados por Sílvio Fernandes Lopes, quando prefeito da Cidade

Equipamentos urbanos Estação Rodoviária Edifício sede da Prodesan Conjunto cultural, teatro, biblioteca e salas de cultura (deixou em construção) Pronto-Socorro da Zona Noroeste Nova garagem da SMTC, no Jabaquara Construção do Horto Municipal do Jardim Bom Retiro
Bairros Drenagem e pavimentação de toda a Ponta da Praia Drenagem e pavimentação de todo o Jabaquara Drenagem e pavimentação de todo o Marapé Drenagem e pavimentação da Vila Belmiro Drenagem e pavimentação da área entre os canais 4 e 6 Término da segunda pista das praias, desde o Boqueirão até a Ponta da Praia, e do Canal 2 até o José Menino na divisa com São Vicente, com a construção total dos jardins da praia, inclusive com alimentação elétrica-subterrânea
Escolas Conjunto Educacional da Vila Belmiro com dois prédios escolares e Praça de Esportes Grupo Escolar do Marapé Grupo Escolar da Nova Cintra Grupo Escolar na Rua Brás Cubas/Sete de Setembro Instituto Municipal do Comércio (primeiro nome da Escola Acácio) Grupo Escolar de Bertioga Grupo Escolar da Vila São Jorge Grupo Escolar do Jardim Santa Maria Grupo Escolar Pedro II, na Ponta da Praia Grupo Escolar do Jardim São Manoel Parque Infantil da Zona Noroeste
Obras viárias Ligação Santos/São Vicente: Avenida Nossa Senhora de Fátima Alargamento e obras de entrada da Cidade Repavimentação em concreto asfáltico de cerca de 100 quilômetros de vias Início das obras de alargamento do centro da Cidade
Transportes Implantação total dos serviços de trólebus em Santos Complementação das linhas de trólebus (Av. Cons. Nébias e Macuco) e colocação de 35 trólebus em operação Compra de 145 ônibus novos

Fonte: www.novomilenio.inf.br/santos/poli1957.htm

Pesquisa elaborada por: Prof. Sebastião Vitorino Almeida

Blog


Escola Acácio tradição em ensino profissional

História

Colégio Comercial Municipal “Acácio de Paula Leite Sampaio”

A 11 de novembro de 1948, pela Lei Nº 998, era criado o Instituto Municipal de Comercio de Santos, que passou a funcionar,em caráter precário, no Grupo Escolar “Olavo Bilac”, com 2 classes, sendo uma de Técnico de Contabilidade e outra de Comercial Básico, atendendo em 1949, a 43 alunos de Contabilidade e 19 alunos de Ginásio Comercial. Nesse mesmo ano foi criado pela Lei Nº 1.058  o Curso de Madureza, que funcionou com 30 alunos em 1950, 32 em 1951 e 47 em 1952, quando foi revogada a lei.

Em 1950 aumentou o numero de classes do Instituto que passou a funcionar com 2 classes para cada curso perfazendo um total de 4 e atendendo a 75 alunos. Nesse mesmo ano, pela Lei Nº 1.165 de 12 de dezembro, começou a funcionar o Curso de Esperanto, extinto com a revogação da lei, em 1952.

A 28 de junho de 1967 o Instituto Municipal de Comercio de Santos recebia o nome de seu patrono, Acácio de Paula Leite Sampaio, numa homenagem ao antigo funcionário municipal, passando a denominar-se Colégio Comercial Municipal “Acácio de Paula Leite Sampaio”.

No quadro abaixo podemos observar o crescente aumento de alunos:

 ANO        TÉCNICO    GINÁSIO
1950 75
1951 122
1952 120
1953 125
1954 124
1955 121
1956 107
1957 122
1958 124
1959 131
1960 136
1961 132
1962 132 171
1963 133 191
1964 128 211
1965 147 195
1966 145 200
1967 210 188
1968 211 172
1969 231 169
1970 236 189

Com a mudança de ginásio secundário para ginásio comercial, todos os documentos do estabelecimento foram recolhidos à seccional de São Paulo no período de 1950  a 1961, motivo pelo qual deixamos de apresentar números concretos em relação à época, no que se refere ao citado curso.

Em 1970, o colégio transferiu-se para seu prédio próprio, na Rua Sete de Setembro Nº 14, com uma área construída de 3.126 metros quadrados, compreendo 4 pavimentos: andar térreo com sala do diretor, sala de assistente de diretor, 2 secretárias, sala de professores, biblioteca, gabinete dentário, 2 ambulatórios e 7 gabinetes sanitários; pátio com 2 sanitários e cantina; primeiro pavimento, com 3 laboratórios, escritório modelo, sala de desenho e 2 gabinetes sanitários, segundo pavimento, com 15 salas de aula. O curso Técnico  em Contabilidade 7 salas.

O quadro de funcionários contava na época com 1 diretor, 6 oficiais de administração, 2 inspetores de alunos, 2 serventes, 25 professores das diversas disciplinas e 1 biblioteca.

 Descrição e Caracterização da Localidade

A escola esta localizada na zona urbana do Município de Santos, à Rua Sete de Setembro Nº 14, no bairro de Vila Nova, situado entre a zona comercial e sub-comercial da cidade, com fácil acesso e farta condução para todas as áreas populacionais, inclusive de outros municípios.

O bairro possui cerca de 10.000 habitantes, com uma densidade demográfica por residência de cerca de 5 pessoas. Pode-se concluir que essa  população está classificada na camada média da sociedade, pois grande parte do bairro é constituído de casas comerciais, sem residência no local. É mínima a freqüência de alunos residentes no próprio bairro. Atinge um percentual de aproximadamente 20%. A maioria da população escolar do estabelecimento é oriunda dos demais bairros da cidade  e dos municípios limítrofes. Isto por se tratar de uma única escola gratuita de caráter profissionalizante (Escola Técnica de Comercio) existente na Baixada Santista.

O comércio predominante na localidade é de natureza comercial e de serviços, atendendo ao ramo de: alimentícios, mobiliário, automobilístico, eletrodomésticos, tipográficos e não são poucos os hotéis e restaurantes ali existentes. Dentre  os serviços é predominante o funcionamento de oficinas de conserto de autos, de pintura e de reparos em geral.

Não obstante existem no bairro inúmeros clubes noturnos não existindo entidades de freqüência adequada à população escolar, mesmo porque, como já foi mencionado, a maioria dos alunos são de outras localidades.

Existem no bairro duas instituições que prestam assistência à indigência: O Albergue Noturno e Prato de Sopa “Mossenhor Moreira”.

O bairro de Vila Nova não é uma zona residencial por excelência, está situado entre o centro da cidade, zona eminentemente comercial e as diversas zonas residenciais.

Pela conformação topográfica da área urbana do Município, o bairro se constitui a passagem de intensa corrente de tráfego de tantos quantos participam da vida organizada da cidade. É entrecortado por três importantes artérias: as avenidas Conselheiro Nébias, rua Braz Cubas e avenida Senador Feijó, razão porque os equipamentos básicos ou melhoramentos públicos são de excelente qualidade.

A maioria das edificações ali existentes são antiquadas. Em passado distante o bairro se constituia numa excelente área residencial da elite santense.

Pesquisa elaborada por: Prof. Sebastião Vitorino Almeida

Blog


©2018 – InteraivaInfo –  Direitos reservados.