Excesso de consumo nas faturas de água

Problema pode estar nos hidrômetros

Quando a fatura de água vem com valores excessivos nem sempre é um problema do condomínio: o hidrômetro pode estar alterado, casos recentes mostram que o problema pode ser do medidor, basta ir até uma agência da companhia de água e fazer a reclamação, considerando as três últimas contas como uma média que serve de base para cobrança, a partir dai os técnicos vão até o condomínio, retiram os relógios e levam para a análise.

Pode acontecer do condomínio pagar uma quantidade de água acima do normal e acreditar que pode ser um vazamento ou achar que o consumo é devido ao verão, aconselhamos os condomínios a fazerem uma análise de três em três meses, período que pode haver alteração nos relógios. A causa mais provável é a pressão mais forte da água que acaba desregulando os hidrômetros. A partir da constatação de problemas no medidor a empresa faz o devido ressarcimento com contas zeradas para compensar.

A medição diária também pode ser aplicada em casos extremos, duas vezes ao dia: uma às 8h e outra às 17h. Assim, temos noção do consumo médio e quanto são os metros cúbicos consumidos ao dia. Quando esse número varia muito anota-se para verificação. E se permanecer fora do padrão, deve ser solicitado a aferição pelo serviço de abastecimento local.

Pode ser trocado o hidrômetro por um mais moderno, ultrassônico, que tem a leitura eletrônica ao invés de mecânica, mais preciso e mais caro, e caso continue alto o consumo deve ser pedido a verificação pela companhia.

Caso o valor cobrado persita fora do normal é aconselhavel contratar uma empresa especialista e solicitar um laudo técnico para ser apresentado a companhia de agua e ser for o caso entrar com uma ação junto aos orgãos de defesa do consumidor para a solução imediata do problema.

“Agua: pode faltar, não desperdice.”

Por EFITEC Condomínios

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *