Saiba quais cursos EAD são reconhecidos pelo MEC

 
 
 

A educação a distância, também conhecida pela sigla EAD, é uma modalidade que está se tornando cada vez mais popular no Brasil. De acordo com informações do Ministério da Educação, cerca de 3,3 milhões de matrículas foram realizadas no ensino superior entre 2003 e 2013. Desse total, um terço correspondia ao ensino a distância, sendo a maioria das vagas preenchidas em instituições privadas.

Em 2003, a educação a distância era pouco conhecida, por isso despertava o interesse de pouco mais de 49.911 alunos. Dez anos depois, esse número aumentou de maneira impressionante, totalizando 1.153.572 de estudantes matriculados em cursos EAD.

Como saber se um curso EAD é reconhecido pelo MEC?

Para verificar se um curso superior é reconhecido pelo MEC ou não, acesse o portal e-MEC. Clique na aba “Consulta Avançada”. No campo “Buscar Por”, selecione a opção “Curso de Graduação”. Defina o nome do curso e selecione o estado. No campo “Modalidade”, marque “a distância”. Clique em “Pesquisar” e consulte o resultado.

O resultado da pesquisa mostrará o nome da instituição (IES), o nome do curso, o grau, a modalidade e a nota em três índices de avaliação do MEC (CC, CPC e Enade). A situação e o número de vagas autorizadas também são apresentados.

Avalie com cuidado as informações que aparecem nos índices. Caso o curso consultado apresente um traço (-), pode ser que ele ainda não tenha passado na avaliação do MEC. De qualquer forma, se a formação consta na lista de resultados do portal, ela é reconhecida pelo MEC, portanto, o seu diploma tem validade.

Cursos a distância reconhecidos pelo MEC

A cada dia, aumenta o número de cursos a distância reconhecidos pelo MEC. Isso acontece porque o Ministério da Educação está aceitando com mais liberando com mais facilidade os novos credenciamentos, tanto para graduação como para pós-graduação à distância.

A instituição de ensino precisa percorrer um caminho para que o seu curso superior à distância seja reconhecido pelo MEC. Primeiro a faculdade precisa apresentar uma série de documentos e solicitar o credenciamento. Depois, é necessário apresentar um projeto pedagógico alinhado às regras do MEC para obter uma autorização para realizar o curso.

O reconhecimento de um curso EAD pelo MEC acontece quando a formação está em andamento. Uma graduação à distância com duração de quatro anos, por exemplo, tem o processo de reconhecimento iniciado ao final do segundo ano.

Após reconhecer um curso, o MEC começa a avaliá-lo. Diversos fatores influenciam na nota, como titulação dos professores, desempenho dos alunos no Enade, infraestrutura e recursos didáticos.

Vantagens do ensino EAD

Quem opta pela educação a distância conta com uma série de benefícios. Entre eles, vale destacar:

Mensalidades acessíveis

O curso superior a distância tem a vantagem de ser muito mais barato do que a faculdade presencial. Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o valor da mensalidade chega a ser 40% mais em conta.

Flexibilidade de horários

O aluno de um curso EAD tem liberdade para montar o seu cronograma, além do que pode decidir o melhor horário para estudar. Essa modalidade também é flexível com relação à escolha do local de estudos.

Enfim, o ensino EAD deixa o aluno mais à vontade para escolher onde e quando consultar o material disponível no ambiente virtual de aprendizagem (AVA). Apesar dessa flexibilidade, é muito importante ter disciplina para dar conta de todo o conteúdo.

Mercado de trabalho vê com bons olhos

Nos últimos anos, o mercado de trabalho tem visto com bons olhos o sistema de educação à distância. Um aluno que consegue ser aprovado nessa modalidade demonstra desenvoltura com meio digital, boa gestão de tempo e organização.


Fonte: Via Carreira

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *